NAMÍBIA - Na Rota das Tribos

NAMÍBIA - Na Rota das Tribos

A Namíbia é o país cenário, um dreamscape em technicolor, uma terra de dunas alaranjadas com apontamentos de branco cintilante, miragens e diabos de poeira. São muitas as paisagens que apaixonam os viajantes e sobretudo os amantes de fotografia paisagística. O deserto de Namib é provavelmente a paisagem mais fotografada, as suas dunas alaranjadas estão entre as mais altas do mundo e é aqui que se encontra uma das mais ricas fontes de diamantes do planeta. Esta faixa do litoral seco e quente onde as águas geladas do Atlântico atingem o continente criam muitas vezes um nevoeiro inacreditável. Este é um programa especial para os amantes da natureza e da vida selvagem num formato acessível com acampamentos isolados numa paisagem por vezes inóspita mas ao mesmo tempo bela. Uma oportunidade para sentir a verdadeira aventura Africana numa expedição em autonomia total!

Roadtrips

Sobre o país de destino

Namíbia

Sendo um país no sudoeste de África, a Namíbia distingue-se pelo deserto Namibe, um dos desertos mais antigos do mundo, e pela fauna diversificada.

Com paisagens surreais e uma exuberante vida selvagem, surpreende de norte a sul com a sua natureza intocada e enorme diversidade cultural. Muito conhecida por ecoturistas, que pretendem ficar a conhecer as paisagens geográficas naturais como o Deserto do Kalahari e as planícies orientais.

  • Moeda: Dólar Namibiano;
  • Duração do voo: 15h;
  • Diferença horária: +2h;
  • Clima: semidesértico, com muito calor durante o dia, e frio durante a noite.

Sobre a viagem

Itinerário

Dia 1: LISBOA (ou outra cidade de partida) / WINDHOEK

Receção dos participantes no aeroporto da capital da Namíbia, ao início da tarde. Depois do desembarque, transfer para o parque de entrega das viaturas 4×4. O resto do dia

será para fazer os aprovisionamentos para as viaturas para os dias seguintes. Noite em hotel.

Dia 2: WINDHOEK / SOSSUSVLEI

Partida bem cedo para a nossa primeira etapa em direção a Seriem, no Parque Nacional Naukluft. A manhã será sobretudo rolante para chegarmos ao inicio da tarde junto

das famosas dunas de Sossusvlei, as maiores do mundo, chegando a atingir os 400m de altura, um lugar que por si só justifica uma ida à Namíbia. O pôr e o nascer do sol são

sem dúvida dos melhores momentos do dia para observar as dunas do Namib, pois é quando as sombras contrastam com a cor ocre da areia. Ainda no parque, cercado

pelas dunas, está outro lugar famoso, o Dead Vlei. A beleza árida deste pequeno lago seco, cujo nome significa Pântano morto, é um dos lugares mais fotografados da

Namíbia. Aqui sobrevivem apenas algumas espécies de plantas, mas são as árvores mortas ressequidas pelo sol que atraem os visitantes. Noite em acampamento.

Dia 3: SOSSUSVLEI / WALVIS BAY

Hoje vamos contornar as dunas do Namib e cruzar o Trópico de Capricórnio para norte em direção a Walvis Bay, uma importante vila portuária. Em 1485 o navegador

português Diogo Cão foi o primeiro a descobrir a baía, que a apelidou de Cabo Cruz, seguiu-se Bartolomeu Dias que também deixou lá o padrão português. A região não foi

clamada pela coroa portuguesa, só os holandeses o fizeram 3 séculos depois e, acabaram por perdê-la para os ingleses cem anos depois. Pelo caminho passaremos por

Kuiseb River Canyon. Noite em hotel.

Dia 4: WALVIS BAY / CRATERA MESSUM 

Saída cedo para uma visita à Pelican Point onde existe uma grande colónia de flamengos e onde podem ser avistados lobos e elefantes marinhos. Seguimos sempre pela

costa passando por Swakopmund até Cape Cross, descoberto por Diogo Cão em 1486, e onde existe uma das maiores colónias de lobos-marinhos do mundo. Depois do

almoço deixaremos a costa para nos aventurarmos no interior até à região semidesértica de Damaraland, atravessando a Cratera Messum. Aqui montaremos o nosso

acampamento com vista para as primeiras Welwitschias Mirabilis, uma planta que pode viver mais de 2000 anos e que só cresce aqui.

Dias 5 e 6: DAMARALAND

Damaraland é uma região deslumbrante, lar de uma quantidade importante de zebras, girafas, antílopes, elefantes e alguns rinocerontes negros. É também a região do

Brandberg Mountain, a “montanha de fogo”, com o seu cume a 2600 metros de altura, o mais alto da Namibia; da floresta petrificada; do Burt Mountain; das formações de

basalto de Organ Pipes, bem como das mundialmente famosas pinturas rupestres de Twyfelfontein. Há mais de 2500 gravuras espalhadas pela região, com cerca de 6000

anos feitas por caçadores da Idade da Pedra Polida (Neolítico). As noites serão em acampamento, podendo algumas por opção dos participantes serem feitas em bangaló

com suplemento.

Dias 7, 8 e 9: KAOKOLAND

Rumamos a norte para Kaokoland, uma das áreas mais remotas de África, terra dos Himbas e Damara. É o lar de um punhado de tribos africanas que parecem ter desafiado

todas as probabilidades de sobrevivência, adaptando-se às condições incrivelmente difíceis desta região. É também refúgio dos elefantes do deserto, do rinoceronte preto,

das zebras da montanha, das girafas, kudus, springbok e avestruzes. Esta região apesar de árida, desértica e acidentada é especialmente atraente. Kaokoland é limitado a sul

pelo Rio Hoanib e a norte pelo rio Kunene que também faz de fronteira com Angola. Aqui encontraremos as Epupa Falls. São formadas por uma série de cascatas que caem

de um total de 60 m ao longo de mais de 1,5 km. É possível nadar em algumas das piscinas, mas é preciso ter cuidado com os crocodilos. As noites serão em acampamento,

podendo ser feitas em bangaló sempre que existir oferta e por opção dos participantes mediante suplemento.

Dias 10 e 11: ETOSHA

O Etosha National Park é uma das mais importantes reservas do Sul de África. Foi declarada Parque Nacional em 1907, cobrindo uma área de 22 270 km quadrados. É o lar de

114 espécies de mamíferos, 340 espécies de aves, 110 espécies de répteis, 16 espécies de anfíbios e, surpreendentemente, uma espécie de peixe. Etosha, que significa “Great

White Place”, é dominado por um enorme pan (lago seco, salgado). O pan faz parte da Bacia do Kalahari, formado há cerca de 1000 milhões de anos. Era originalmente um

lago alimentado pelo rio Kunene. No entanto, o curso do rio mudou há milhares de anos e o lago secou. O pan agora é uma grande depressão poeirenta de sal e argila que se

enche apenas com chuvas intensas, atraindo milhares de aves pernaltas, incluindo impressionantes bandos de flamingos. As noites do parque serão em acampamento

podendo os participantes optarem por bangalós com suplemento.

Dia 12: ETOSHA / WINDHOEK

Regresso a Windhoek. Este será o dia mais longo do programa. O regresso a capital será feito pela B1 que rasga as paisagens da Namibia de norte a sul. Noite em hotel.

Dia 13: WINDHOEK

Dia livre para descanso e conhecer a capital da Namibia. Localizada a 1,680m acima do nível do mar e a 360 km a partir da costa atlântica. Seja devido à pura sorte ou um

golpe brilhante de planejamento germânico, a cidade situa-se quase no epicentro do país. Em 2013, a população de Windhoek era de aproximadamente 342 mil pessoas.

Apesar do grande aumento da população nos últimos anos a cidade é extremamente limpa e, sobretudo, livre de problemas. O centro da cidade é caracterizada por uma

proliferação de edifícios de estilo alemão, uma herança da história colonial da Namíbia. Noite em hotel.

Dia 14: WINDHOEK / LISBOA (ou outra cidade de chegada)

Em hora a combinar saída para o aeroporto para o voo de regresso a Lisboa. Noite a bordo. Fim da viagem.

 

Inclui:

  • Viatura 4×4 equipada (partilhado por 4 participantes);
  • 6 noites de alojamento em lodge c/pequeno almoço;
  • 2 jantares;
  • Fees de entrada nos parques de campismo;
  • Entrada em todos os Parques Nacionais;
  • Acompanhamento Landventure;
  • Seguro de viagem;
  • Seguro da viatura CDW+;
  • Taxas e IVA.

 

Não inclui:

  • Refeições não indicadas no programa;
  • Bebidas às refeições e despesas de caráter pessoal;
  • Combustível (+/- 100€);
  • Despesas compras comuns para alimentação e bebidas, (+/-200€);

 

Ligações aéreas:

Valores indicativos Lisboa/Windhoek/Lisboa em classe económica desde: 890€

Consulte-nos para obter as tarifas aéreas atualizadas.

Para partidas de outro país poderá ter de prever mais uma noite de alojamento à ida e/ou regresso.

 

Número de participantes:

Mínimo: 7 

Máximo: 15

 

Condições de participação:

Liquidação de 30% do valor total no ato da inscrição, os restantes 70% até 30 dias antes do início da viagem.

 

Preço por pessoa:

Adulto em quarto duplo: 1790€

Suplemento quarto single: 490€

A partir de 1790€ por pessoa
|

Outras soluções de viagens

Go Discover Chat
Bem-vindo à Go Discover! Podemos ajudar?
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, atualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.